Reforma do Templo Matriz

Começamos a grandiosa e tão esperada Reforma do nosso Templo Matriz.

Teremos alguns meses de muito trabalho pela frente, mas com a ajuda de todos vamos conseguir deixar a Casa do Senhor um lugar mais aconchegante, linda e organizada.

Quase 40 anos se passaram deste a inauguração do Templo e está é a primeira grande reforma que será feita.

Todo o foro será trocado, a elétrica será toda refeita. Será instalado ar-condicionado em todo o prédio. As salas de batismos serão mudadas. A Plataforma terá nova formação.

Enfim, ficará um lindo lugar para louvarmos a Deus.

foto 3 foto 4 (1) foto 4 foto 5 (1) foto 5Enquanto isto, nos próximos meses, nossos cultos serão realizados no Centro de Eventos da Matriz.

Domingo passado (12/04) já tivemos um grandioso culto no local e Deus desceu com sua Glória.

Não importa o local, o Povo Apostólico sabe louvar e buscar a Face do Senhor!!!

foto 1 (2) foto 2 foto 3 (1) foto 4 (2) foto 4 (3) foto 5 (2)

 

Ser ou não ser – parte III

DEUTERONÔMIO 6 : 4Ouve, Israel, o Senhor nosso Deus é o único Senhor”.

Segundo um jornal cuja publicação é nacional e impresso pela própria instituição que administra a réplica do Templo, no mês de setembro/14, foi realizado uma grande reunião onde esteve presente mais     de 16 mil pessoas, e a mesma foi em homenagem à santíssima trindade !?

Jamais se faria um culto em homenagem a trindade dentro do Real Templo de Salomão, porque?

1º Dentro do Templo se Cultuava apenas a “UM SÓ DEUS”. (É assim até os dias de hoje.)

2º No capítulo 23 do Livro de Josué ele faz um “apelo” para Israel se apartar de nações (falsos crentes) que misturam e profanam com seus deuses o Cultuar ao Verdadeiro Deus.

3º Os acontecimentos dentro do Real Templo de Salomão eram “sombra” de coisas Celestiais.

HEBREUS 8: 4 e 5 Falamos nas postagens anteriores que Deus “sempre” tem propósito em Seus projetos, e estes são específicos, vemos que existe uma relação entre o Templo terrestre e as coisas no Céu.

No Antigo Testamento Deus usou um meio “restrito” e “limitado” para habitar entre homens os quais chegavam para prestar Culto e eram barrados por uma “cortina”, e até para pedirem perdão de seus pecados era através de um Sacerdote. (Jesus Cristo agora é o nosso Sacerdote) 

Todo um Cerimonial era feito, e era seguido por etapas, e o Sacerdote tinha que segui-los rigorosamente sob- pena de ser fulminado instantaneamente se houvesse alguma impureza.

Realmente se dentro das Igrejas atuais não existe o cumprir destas etapas não servem para réplicas, servem apenas para enganar, e tirar proveito de pessoas que lá frequentam, ou seja:

1° Passo: Crer em Jesus Cristo, arrependendo-se de seus pecados. (Tem que ser pregado isso).

2° Passo: Ser Batizado em Nome de Jesus Cristo. (Tem que ser pregado isso).

3° Passo: Receber   o Espírito Santo com evidências de falar em Novas Línguas. (Tem que ser pregado isso).

Exatamente estes passos que o Sacerdote dava dentro do Antigo Templo, e é exatamente isso que vai fazer o homem pecador ser perdoado e redimido pelo Sangue do Cordeiro … JESUS CRISTO!

MORTE=ARREPENDIMENTO.  SEPULTAMENTO=BATISMO.   RESSURREIÇÃO=ESPIRITO SANTO.

Prezado (a) Amigo (a) que acompanha o Blog da IAB, não se deixe enganar por teatros ou circos montados apenas com o intuito de tirar proveito para si, porque o Evangelho de Cristo é mais que isto, o problema é: SER OU NÃO SER, EIS A QUESTÃO.

 

Por: Irmão Pedro Esmeraldino – Obreiro IAB Esteio

Ser ou não ser – Parte II

Hebreus 8:7Porque, se aquela primeira aliança tivesse sido sem defeito, de maneira alguma estaria sendo buscado lugar para segunda…“.

A busca que Deus empreende através de Sua Misericórdia, para socorrer a humanidade dentro de uma dispensação, (período de tempo), o amor e o desejo de salvar é superior a tudo o que podemos imaginar.

Porém não é simplesmente o Cristo que se fez disponível para nós, mas o quanto nós disponibilizamos nossas vias a Ele.

Romanos 13:14Revesti-vos do Senhor Jesus Cristo e nada seja favorável a carne no que se refere as suas concupiscências…“.

O Apóstolo Paulo afirma este conceito claramente. Nos dias atuais é explicito a luta para desmoralizar a Palavra de Deus, retirando o Poder transformador do Verdadeiro Evangelho, erigindo templos com aparências idênticas ao real, mas o intimo corrompido, levando em questão o “Ser ou não ser”.

Lembre-se que estamos abordando sobre uma réplica do “Templo de Salomão”, mas primeiro temos que entender o que acontecia no interior do “Verdadeiro Templo”, para ter certeza que a réplica é fiel ao original, e não apenas uma imitação externa.

Pois Deus SEMPRE teve propósitos específicos para Suas Obras e Seus Planos.

Romanos 10:11 “Porque o fim da Lei é Cristo para justiça de todo aquele que crê…”.

Continua…

Por: Irmão Pedro Esmeraldino – Obreiro IAB Esteio

Ser ou não ser… Parte I

Fantástico mas ao mesmo tempo espantoso, o que foi inaugurado no bairro do Brás em São Paulo. Uma gigantesca obra de R$ 685 milhões. Réplica do Templo de Salomão, com capacidade de até 10 mil pessoas, em uma área de 35 mil metros quadrados, o equivalente a 5 campos de futebol. Poderia escrever mais detalhes, mas não é nisto que quero me deter, ou escrever.

Lembre-se que réplica é cópia de algo original, então em termos uma aparência é aceitável, mas o íntimo corrompido.

Poderíamos abordar sobre o Real Templo de Salomão, descrito em I Reis 6 (Edificação do primeiro Templo). Note que o desejo real de construir o Templo era de Davi, o qual não recebeu permissão de Deus,(I Reis5:3), por ter em suas mãos muito sangue de guerra. Porém, foi dado uma Promessa à Davi que seu filho edificaria o Templo, (I Reis 5:5).

Onde existe um Plano de Deus, sempre tem um propósito específico para tal, concernente a Salvação do homem. Poderíamos abordar sobre as vestimentas que os Sacerdotes usavam para Ministração no Templo, (Êxodo 28:4), todas com suas simbologias específicas Consagradas, pois destacavam a Honra e a Glória de Deus. Podemos entender até agora, que edificações, cerimônias, vestimentas, projetos, tudo tem um fim específico nos Planos de Deus. O Sacerdote do Antigo Testamento era um intercessor do povo de Israel diante de Deus (Êxodo 28:29). Agora no Novo Testamento temos um Sumo Sacerdote que A SI MESMO se ofereceu (Hebreus 7:26, 28).

Deus não necessita de um outro “sacerdote” para cumprir seu Plano de Salvação.

Hebreus 8: 7 “Porque, se aquela primeira aliança tivesse sido sem defeito, de maneira alguma estaria sendo buscado lugar para segunda

Continua…

 

Por: Irmão Pedro Esmeraldino – Obreiro IAB Esteio