Pegadas na areia.

“Uma noite eu tive um sonho…

Sonhei que estava andando na praia com o Senhor e no céu passavam cenas de minha vida.

Para cada cena que passava, percebi que eram deixados dois pares de pegadas na areia: um era meu e o outro do Senhor. Quando a última cena da minha vida passou diante de nós, olhei para trás, para as pegadas na areia, e notei que muitas vezes, no caminho da minha vida, havia apenas um par de pegadas na areia. Notei também que isso aconteceu nos momentos mais difíceis e angustiantes da minha vida.

Isso me entristeceu, e perguntei então ao meu Senhor:

– Senhor, tu não me disseste que, ao te seguir, tu andarias sempre comigo, em todo o caminho?

– E vejo que durante as maiores tribulações do meu viver, havia apenas um par de pegadas na areia.

– Não compreendo por que nas horas em que eu mais necessitava de ti, tu me deixaste sozinho.

O Senhor me respondeu:

– Meu querido filho, jamais te deixaria nas horas de prova e de sofrimento. Quando viste na areia, apenas um par de pegadas, eram as minhas. Foi exatamente aí, que te carreguei nos braços.”

As vezes pensamos que chegamos ao limite, no fim de tudo, sem esperança para mais nada. Como se tudo estivesse acabado, desistimos de lutar, e ao olhar para nossas vidas nos vemos em um beco sem saída e sozinhos, sem ninguém. É nesta hora que o nosso Senhor nos mostra o quanto nos ama e nos protege, o quão bondoso para conosco ele é. Nos pega pela mão, nos coloca em seus braços e nos leva até a sua vitória.

Não vamos ter medo!

Gênesis 37: 26-28: “Então Judá disse aos seus irmãos: Que proveito haverá que matemos a nosso irmão e escondamos o seu sangue? Vinde e vendamo-lo a estes ismaelitas, e não seja nossa mão sobre ele; porque ele é nosso irmão, nossa carne. E seus irmãos obedeceram. Passando, pois, os mercadores midianitas, tiraram e alçaram a José da cova, e venderam José por vinte moedas de prata, aos ismaelitas, os quais levaram José ao Egito”.

Esta escritura que foi lida agora é a respeito de uma história muito conhecida e creio que uma das mais belas de toda a Bíblia: A história de José. Este jovem era o preferido de seu pai e isto despertou inveja em seus irmãos. Ele até o venderam para mercadores de escravos!

José tinha uma roupa colorida, muito linda e incomum para a época. Ela era inconfundível. O que seus irmãos fizeram então? Mancharam com o sangue de um animal qualquer e simularam uma situação em que José teria sido devorado por feras. Morto, enfim! Mas neste ínterim, o que ocorreu por certo foi a venda do próprio irmão para estrangeiros.

Jacó, o pai deles, quando soube do fato chorou amargamente a ponto de não ser consolado. Mas o que me chama a atenção é que Jacó em nenhum momento quis ver a verdade, verificar o que realmente acontecera.

Semelhantemente nós, quando estamos em uma situação de perigo, tendemos a nos esconder e não encarar a realidade. Quando uma pessoa sofre de alguma doença, às vezes, ministra-se um comprimido, um remédio fictício para a pessoa e ela sente-se curada, pois tudo estava em sua imaginação. Este artifício é conhecido como placebo.

O nosso inimigo usa esta situação de medo para nos amarrar, para nos impedir de caminhar à frente, de verificar o que está ocorrendo realmente. Quando enfrentarmos o inimigo, verificamos que sempre somos vencedores em Cristo Jesus.  O medo é o inverso da fé e pode crescer na medida que nossa fé diminui. Felizmente, o contrário também é verdadeiro…

O sangue que estava manchando a roupa de José, não era de José, e sim de um cordeiro! Vamos sempre nos lembrar disto: o sangue não era de José! Vamos invocar o sangue de Jesus Cristo em nossas vidas e assim, não temeremos mal algum.

Pregação do Pastor John John, realizada no dia 20 de outubro de 2012, sábado, na Igreja de Esteio

Nada pode roubar o teu sonho

Lemos na Bíblia a história de José. Ele foi o filho da velhice de seu pai, que o amava. Ele tinha sonhos, era um visionário, alguém que visualizava coisas grandes para ele.  Mas seus irmãos não gostaram nem um pouco desta arrojada maneira de ser.
Por pura inveja, eles venderam o seu próprio irmão para estranhos, que o escravizaram e, por, fim, enclausuraram José em uma cadeia por longos anos. Por fim, eles acabaram sendo livres da fome e foram viver no Egito, onde havia fartura e abundância de alimentos.
O que esta belíssima história pode contar para nós? Na questão dos sonhos, nós nunca devemos desistir. Nada pode eliminar os nossos sonhos: nem nossa fé e muito menos a nossa esperança.
Quantos sonhadores nós temos na Igreja hoje? Quantos de nós vivemos na esperança de um dia ver o nosso sonho se concretizar em realidade? Eu tenho vários sonhos e creio que muitos de nós também os têm. Nunca deixe os seus sonhos se apagarem, pois nada poderá roubá-los. Ninguém poderá jamais tirar os sonhos de nós.
Pregação do Pastor John John na Igreja de Esteio, sábado, dia 29 de setembro de 2012.

3 coisas que o diabo não pode te roubar

É literalmente crer em algo que podemos ver mas estamos aguardando. Como eu não sei… mas aguardo. E a fé que Deus pode reverter qualquer situação isto ninguém pode roubar de ti, pois fé gera esperança e a esperança gera perseverança…

Hebreus 11:1 Fé é a prova das coisas que não se vê, mas das coisas que esperamos…

Pode vir a tempestade que for, mas se a fé se manter inabalável eu sei que sempre depois da tempestade vem a bonança!

 Sonho

(Almejar, ter com ideal, buscar, ansiar, pensar com insistência!)

Marther Luther King dizia: “Eu tenho um Sonho”. Ele queria ver a America racista daquela época unida. Ele foi assassinado, mas seu sonho jamais morreu e hoje vemos efeitos positivos deste sonho em nosso meio.

O sonho que me refiro não é o sonho que temos quando dormimos. (Um irmão de uma outra igreja por ai alegava que dormia bastante, porque Deus falava com ele em sonhos…. até acredito que Deus fala, mas não com preguiçoso.)

Sonho por ansiar por algo. Melhor exemplo disto é José (Gen. 37:5) que foi atacado pelos seus próprios irmãos, se tornou escravo, foi preso injustamente sem ter culpa alguma. Tudo isto tentou o destruir, mas seu sonho se manteve intacto e la na frente se concretizou

A bíblia é repleta de sonhadores, muito das quais foram atacados mas nenhum deles jamais foi roubado seu sonho!

 Recompensa

Jó teve toda sua vida literalmente destruída por uma investida satânica. O diabo podia destruir tudo, menos a sua recompensa, tanto é que ele recebeu em “dobro” tudo que havia sido levado.

Apocalipse 22:12. “A recompensa esta comigo….”. (Se esta com ele (Jesus) ninguém pode roubar dele…. ou seja ela é minha, basta perseverar até o fim!!! Que promessa maravilhosa esta, medite nisto.

Se tiveres , seus sonhos serãorecompensados. E estes 3 ninguém pode lhe roubar!!!

 

Por: Pastor John John