Encontrando o seu propósito

Provérbios 19:21

“Muitos são os planos no coração do homem, porém o propósito do Senhor prevalecerá.”

Assim nos aponta um dos versículos mais poderosos da vontade de Deus em relação ao homem. A Palavra de Deus é Vida, e ela não volta vazia, sem que antes produza os resultados para os quais ela foi comandada. Muitos são nossos planos, mas por que a Palavra de Deus afirma que o propósito dEle vai prevalecer? E o que é, afinal, o propósito de Deus para a minha vida? Deus não me falou nada!

Para qualquer objeto existe uma necessidade que o antecede, então se planeja aquele objeto para suprir ou resolver aquela necessidade. O objeto é planejado e é feito para aquele propósito. Alguém conhece uma fábrica que faz uma máquina para só depois avaliar qual é a serventia dela? Ou alguém conhece algum marceneiro que faz um móvel, ou uma construtora que faz uma obra, e depois de prontos os trabalhos param a olhar para aquilo, coçando a cabeça se perguntando: “Para que servirá isto que acabei de construir?” Claro que não!

Deus levantou o homem do pó da terra com um propósito. De lá para cá, todo ser humano já tem uma missão de Deus que o antecede. Cada pessoa foi feita para uma missão específica. Deus tinha algo importante para ser feito, então ele fez você para fazer isto. O pecado, que faz a separação entre Deus e o homem, dá conta de impedir que Deus se revele mais claramente ao homem para lhe mostrar o que Ele quer da nossa vida.

Quantos planos frustrados, quantas vidas dirigidas levianamente, quanta gente pelas ruas, andando de um lado para o outro, preocupados, ricos, pobres, tristes, dando risadas, vivendo uma vida enganosa, e todas estas pessoas que no leito de morte se perguntam “– O que fiz de minha vida?” Uma história bem marcante é da vida de Frank Sinatra. Leia a história dele. Um homem que teve absolutamente tudo que um homem deseja, fama, dinheiro, influência, companhia, poder, status…, mas cujas últimas palavras foram: “ – Eu perdi. “

Muitos são os planos do coração do homem, mas o propósito, a missão, aquela tarefa que Deus tem para você, esta vai prevalecer. Mas preste bem atenção. A Palavra diz que O PROPÓSITO vai prevalecer, mas talvez ele não vá prevalecer em você. Como aquele objeto com defeito, que não serviu para coisa alguma, deve ser descartado, se você não entender a sua missão, você também “perdeu”. A sua missão será então dada a outro. Outro receberá a sua recompensa. Mas Deus te fez perfeitamente para o propósito e missão que ele tinha.

A primeira e grande missão do homem (e este deve ser o único e pessoal propósito de cada pessoa) é tentar encontrar o propósito de Deus para sua vida. Existe um propósito, uma ordem dada, e esta ordem não voltará vazia para Deus. Outro talvez cumpra e frutificará este talento, caso você negligencie. Não te precipites em emoções e grandes promessas. Deus, pela boca de algumas testemunhas, confirmará a vontade dEle. Não te importes se é uma missão de segundo escalão, um trabalho mais humilde. Os trabalhos se desenvolvem e se cresce em sabedoria e graça nos planos de Deus. E em adição, Deus recompensará todos de igual modo. Se tua missão não te satisfazer, Deus não se comprazerá em ti. É o mesmo que dizer que aquilo que Deus te pede para fazer não é o melhor para você.

O Apóstolo Paulo diz que se o viver é Cristo, o morrer é lucro. Certamente quando se chegar na reta final, próximo do último suspiro, onde se olhará para trás e então verá uma missão cumprida, um combate bem combatido, uma fé bem guardada. E então, ao se voltar para frente, olhará firmemente para Cristo, e ouvirá um bom Senhor que diz: “Servo fiel, desempenhaste bem tua missão, frutificastes o teu talento: entra, pois, no gozo dos aposentos de seu Senhor.” Ou propósito de Deus para sua vida vai prevalecer, ou você vai perder.

Deus abençoe!

Por:  Anderson Lara

Anúncios

Só o coração – Parte II

Tudo começa com o coração. Esse é o ponto de partida de todas as coisas.

Se vamos seguir para a direita, reto ou à esquerda, tudo depende de nosso coração, do princípio que o governa, do combustível que movimenta a razão do dia a dia de cada ser.

Jeremias 17:9 nos diz: “Enganoso é o coração”.

Esta palavra no original é Leb que pode significar: mente, razão, inteligência, desejo ou sentimento (cfe. Dicionário Bíblico).

Assim quando se fala “coração” é a condição do homem decaído. Para entender melhor, vemos que JESUS explica o que de fato provém do coração é o que contamina, dizendo: “Mas o que sai da boca, vem do coração, e é isso que contamina o homem” Mateus 15:18.

Assim compreendemos que existe perigo em afirmar que Deus “só quer o coração”, não entendendo a profundidade da Escritura, o perigo existe, pois deixará o homem distanciado de Deus, por sua própria razão e esta o enganará, e também por seus sentimentos os quais seguirão a inclinação do pecado, não demonstrando a necessidade de transformação.

O conflito só é reduzido quando se tem o “Novo Nascimento”, pois é dominado pelo Espírito Santo, como diz o Apostolo Paulo em Romanos capitulo 7 do versículo 20 ao 25. A carne lutando contra o Espírito, onde se encaixa o homem interior? É a razão e a emoção sob a influência do Espírito Santo, já existe outra inclinação, porém seus membros, isto é, as necessidades do corpo o levam a outra direção.

Continua…

Por: Pedro Nunes Esmeraldino – Obreiro IAB Esteio

Seremos aprovados diante de Deus?

I Coríntios 11:28: “Examine-se, pois, o homem a si mesmo“.

Todo o homem deve conhecer-se a si mesmo. Isto é importante para que nós possamos concluir a nossa tarefa. Por exemplo, quando o homem foi à lua, exiistiu milhares de testes antes de a nava Apollo pousar em solo lunar. Isto ocorreu porque era um lugar inteiramente novo e inóspito e seria necessário realizar testes para ver se tudo correria bem.

Também em um determinado curso de segurança, realizado a alguns anos aqui no Brasil por agentes israelenses altamente treinados, ocorreu um teste desta forma: no final, a banca examinadora, composta pelos “experts” que ministraram o curso, informavam o aluno que ele teria sido reprovado. Então eles perguntavam onde o aluno tinha errado e ele então dizia onde achava que poderia ter errado para causar a reprovação. Os professores então diziam que ele tinha passado, e que deveria melhorar naquelas áreas.  Porém, qual não foi a surpresa quando fizeram isto com um aluno. Ele estaria aprovado, mas ficou tão irado que no final rodou mesmo!

Irmãos, a nossa vida de cristão não é exatamente assim? Não estamos sendo testados para a aprovação final, que é a morada eterna com Cristo? Fazendo uma conta rápida, podemos dizer que quem está na igreja, por exemplo, há 11 anos, já deverá ter participado de mais de mil cultos! Mais de mil testes. Mais de mil chances de ser aprovado por Deus!

Vamos agir de forma a sermos aprovados por Deus. Não vamos rodar no teste. Vamos perseverar atá o fim!

Pregação do Pastor John John no dia 27 de outubro de 2012, sábado, na
Igreja de Esteio